25 • março • 2015
Lari

Ontem, a convite da chiquérrima RP carioca Nina Kauffmaneu fui na pré estréia oficial do filme Cinderella. Para quem ainda não sabe, a Disney resolveu relançar esse clássico infantil em uma versão adulta super moderna, com direito a muitos efeitos especiais.

Cinderella-2015-Movie-Poster-HD-Wallpapers

Antes de falar do filme vou fazer uma confissão: as outras princesas que me desculpem, mas Cinderella era o meu filme favorito criança. Me marcou MUITO! Eu perdi as contas de quantas vezes assisti a fita (nossa como tô velha, sou do tempo das fitas kkk). Eu era tão louca/maluca por ela que as chantagens aqui em casa eram a “base de Cinderela”.

Cinderella servindo a madrasta e as irmãs postiças

Cinderella servindo a madrasta e as irmãs postiças

Por exemplo: o argumento da minha avó para eu me calçar (tive uma fase que queria andar descalça igual índio, vai entender…) era que se eu não me calçasse meu pé ia ficar grande igual o das irmãs da Cinderella. E adivinhem? Eu me  calçava rapidinho hahaha – beijo vóvó, eu sei que você sempre entra no blog <3

Cinderella e o príncipe muso <3

Cinderella e o príncipe muso <3

Tudo isso é pra vocês entenderem como eu estava ansiosa para ver essa nova versão. Afinal, o que achei da nova Cinderella? uma palavra resume, INCRÍVEL.

Primeiro porque como disse o jornalista Bruno Astuto “eles não tentaram reinventar a roda“, isto é, o filme manteve-se fiel à fábula original, sem tirar nem por, a história é a mesma que todos nós conhecemos.

Cinderella chegando capotante de liiinda no baile

Cinderella chegando capotante de liiinda no baile

Fora isso os atores estão perfeitos em seus papéis, o roteiro é uma delícia, nem um pouco cansativo, e o figurino de todo o elenco é de ficar babando nos detalhes, riquíssimos.

O vestido de noiva LINDO da Cinderella. Me lembrou o da Lala Rudge...

O vestido de noiva LINDO da Cinderella. Me lembrou o da Lala Rudge…

O filme estreia oficialmente hoje a noite, mas para dar uma provinha para vocês, gravei vários trechinhos. Apertem o play e assistam: 



Bom meninas, já sabem qual programa vou recomendar para o próximo FDS, né? Corram para o cinema para assistir Cinderella. 

Compartilhe


25 • março • 2015
Lari

O estilo da parisiense (como o das cariocas… rs) é conhecido e elogiado por todos do mundo. Inclusive já foi tema de muitos livros, por exemplo os lançamentos recentes a “A Parisiense” ou “Como ser uma parisiense…”.

LD_MARCAS_PARIS_1

Mas, o que muitas pessoas não conhecem ainda são as marcas francesas super legais que toda parisiense usa. Não, eu não tô falando de caríssimas grifadas como Dior ou Chanel, estou falando de marcas com preço OK e que até nós que recebemos em Dilminhas podemos comprar.

Assim, eu fiz uma lista de marcas francesas que vale a pena ficar de olho na próxima viagem – inclusive a maioria vende nos EUA e outras capitais da Europa. Confiram:

LD_MARCAS_PARIS_2

MAJE

É uma das minhas marcas favoritas da viiida. Isso não é exagero, é realidade! Hahaha. Toda vez que eu estou em Paris atravesso a rua quando vejo uma Maje, pois eu sei que se eu passar perto vou querer comprar algo #Aloka.

Saias rodadas intercaladas com muito couro, bordado combinando com malha podrinha, vestido girly com tênis… Se eu pudesse definir o estilo da Maje seria um “romântico moderno”, aquela pitada de romantic sem ser careta, sabe?

Não a toa, segundo a Vogue Paris, a Maje foi uma das marcas que mais cresceram no ano passado no mundo. Só na França são mais de 100 lojas, e ela está se expandindo para o mundo – amém!

http://us.maje.com

LD_MARCAS_PARIS_3

Sandro

Minha segunda queridinha que mora no meu <3 hahaha. Ao contrário da Maje que inova bastante, a Sandro é mais neutra e clean, com pinceladas de tendências.

Por isso ela veste muito bem uma mulher mais madura também, na faixa de 50 anos (Oi mãe! Essa citação é pra você hahaha). Suas roupas têm uma qualidade ótima e em sua maioria são atemporais.

http://us.sandro-paris.com

LD_MARCAS_PARIS_4

Manoush 

Conheci essa marca agora na última viagem, inclusive visitei o showroom. Quem me apresentou foi a Camila do Dicas 4 Fun e a Luisa do Sonhos de Crepom, duas taradas apaixonadas pela Manoush.

O que esperar nas araras? Muitas roupas coloridas, bordados e estampas foférrimas, com modelagens para todas as idades. Até eu que não sou uma pessoa muito estampada adorei a proposta da marca.

www.manoush.com

LD_MARCAS_PARIS_5

COS

Outra marca que amo/sou é a Cos. Do mesmo grupo da H&M, a proposta é ser uma fast-fashion mais arrumada, eu diria que um nível superior a Zara, e focada em um público mais velho.

Mas, se você ama roupas básicas e neutras como eu, é de pirar na loja! Muitos modelos de camisas, t-shirts podrinhas, casaquinhos de cashmeres, tops…. Todas essas peças que são fundamentais de ter no closet porque servem de “base” para as produções – dica de consultoria de imagem aí, hein? Rs.

www.cosstores.com

LD_MARCAS_PARIS_6

Zadig & Voltaire

Não faz muito meu estilo, acho too much rock&roll e os preços altos para o que é. Mas, muita gente AMA, então tinha que citar aqui rs.

Como Maje, Sandro e COS, você encontra uma a cada esquina em Paris e é queridinha das jovens parisienses mais alternativas. Se você faz o estilo cool girl, vale a pena conferir.

www.zadig-et-voltaire.com

LD_MARCAS_PARIS_7

Vanessa Bruno

Outra marca bastante conhecida. Clássica e chic, é possível fazer achados de blazers e jaquetas incríveis por lá. Vale destacar as bolsas, sempre com modelos ótimos para o dia a dia.

www.vanessabruno.com

 

Bom meninas, espero que tenham gostado das dicas e não deixem de conferir em uma próxima viagem. O melhor de comprar essas marcas é que aqui no Brasil elas não são muito conhecidas, e você fica usando algo exclusivo, com poucas chances de ver alguém igual na rua rs.

Compartilhe


24 • março • 2015
Lari

Paris2015LeandroDias (184)

Vamos ao último look da Paris Fashion Week? Tendo aquela cidade liiinda como cenário, difícil é não fotografar 1 milhão de looks rs.

Essa foi uma das produções mais minha cara e na minha “zona de conforto” que usei em Paris. Não tem jeito, eu amo uma saia volumosa diferente e quando vi essa na Maje (marca francesa que eu sou a-pai-xo-na-da) não resisti e comprei na hora.

Eu gosto de equilibrar esse estilo de saia com a parte de cima bem neutra. Em Paris, como estava friozinho, eu combinei com camisa branca básica, mas poderia ser uma tshirt de malha podrinha (aquela bem fininha) também. Por sinal, ando em uma fase só usando podrinhas, em breve vou fazer um post de onde compro as minhas favoritas.

Usei essa mesma proposta na última SPFW nesse look aqui, e acho que o resultado é sempre uma produção extremamente feminina e chic. Vejam só:

paris1

paris2

paris3

Paris2015LeandroDias (191)

Paris2015LeandroDias (215)

paris8

Paris2015LeandroDias (198)

paris5

Lari Duarte

Créditos: camisa Zara/ saia Maje/ scarpins Schutz/ bolsa Céline/ óculos Karen Walker/ acessórios Cláudia Arbex

Fotos: Leandro Dias do Fotógrafo Brasileiro em Paris (www.fotografoemparis.com)

PS: o que acharam? Qual foi o look favorito de vocês?

Compartilhe