19 • agosto • 2015 Lari Acessórios

A volta do Manolo Blahnik

LD_MANOLO_BLAHNIK_4

Já tem um tempo que eu queria falar sobre isso aqui no blog, mas hoje não me escapa rs. Não sei se vocês reparam, mas de uns anos para cá os sapatos do Manolo Blahnik estão retomando o topo das wishlists.

LD_MANOLO_BLAHNIK_1

Para quem não se lembra, os saltos Manolos viraram objetos de desejo nos anos 2000. E o motivo disso têm nome e sobrenome: Carrie Bradshaw. A icônica personagem de Sex and The City era vidrada nos sapatos da marca e fazia loucuras por mais um Manolinho. Eu como viciada na série já desejei muito um par para chamar de meu #confissões…Hahaha.

Depois que a série acabou, nós vivemos a invasão Christian Louboutin. Todas as mulheres passaram a ser fissuradas pelas solas vermelhas de Loubie, e deixaram de lado os Manolose eu me incluo nesse time de traidoras…

LD_MANOLO_BLAHNIK_3

Mas, da mesma forma que peguei bode de Chanel, eu tenho que confessar para vocês que peguei de Louboutin. Não que eu ache feio, longe disso, mas a moda massificou taaanto ele, são tantas cópias por aí, que a marca perdeu, para mim Lari consumidora, o seu valor.

E ai que entra a retomada do Manolo! Acredito que não só eu tenha decido deixar de lado um pouco o Louboutin, pois cada vez mais tenho visto fashionistas desfilando por aí seus Manolitchos.

LD_MANOLO_BLAHNIK_2

Entre uma lista looonga de modelos, o que mais me chama atenção é o Hangisi. Um scarpin clássico de tecido com fivela. Acho extremamente chic e atemporal, e ele custa a partir de $965,00.

Para quem está querendo investir em um “sapato grifado”, acho que super vale pensar com carinho nos modelos do Manolo. E eu continuo sonhando com um…

  • Izadora 19/08/2015 às 10:35

    Lari, porque pegou bode de chanel? Entendo super seu lado (sou uma “lady dior” assumida rs), mas apesar de hoje em dia todo mundo ter uma classic flap e provavelmente não saber a história da marca ou da própria Chanel, na minha opinião não diminui a importância dela na revolução do mundo da moda! Bjs

    Responder

    • Lari 19/08/2015 às 10:58

      Olá Izadora, o meu bode não tem nada a ver com a história da marca. Eu ainda acho que Coco Chanel foi revolucionária! Ela foi a primeira pessoa a fazer branding quando nem se existia/sonhava com o termo…. Meu bode é apenas dos produtos. Tenho a sensação que se a marca lançar um chapéu de melancia vão ter várias pessoas desfilando por aí usando, sabe? hahaha. Não sei explicar, se for para gastar $$$$ prefiro outra marca. Beijos

      Responder

  • João Magagnin 20/08/2015 às 20:15

    A imagem da Chanel está bem desgastada mesmo. Mas acho que isso é um ponto causado pela Internet, principalmente pelo time de marketing, que elegeu atrizes e personalidades teens como musas. Isso no final das contas mexe muito com o imaginário da clientela direta e indireta, que procura falsificações descaradas, compra qualquer novidade da marca sem critério algum e massifica completamente, tirando toda a historicidade por detrás dos C’s da maison. Retornando aos manolos… Enfim, acho os sapatos do lindíssimos, vale a pena investir. É um clássico que jamais morrerá.

    Responder

    • Lari 20/08/2015 às 20:39

      João, concordo totalmente com você! Acho que essas celebridades teen não tem nada a ver com a marca. Não acho inovador, e sim falta de coerência. Bom saber que não estou sozinha nessa rs. Beijos

      Responder

  • Lú nogueira 21/08/2015 às 06:46

    Sou suspeita, gosto muito da Chanel, mas ando muito desiludida. é tanta gente com uma chanel que perco até a vontade de usar. E hoje penso tanto em comprar se vale mesmo tudo isso. Os Loboutin ate hoje não conseguir comprar o que gosto sempre esgotado,
    Não vou falar muito pois o João já falou tudo que penso acima.
    bjs Lú Nogueira
    http://www.lunogueira.com

    Responder

    • Lari 21/08/2015 às 11:50

      Lú, o João falou tudo o que a gente pensa, né? rs. Concordo com você também! Beijos

      Responder

Deixe um comentário