29 • setembro • 2014 Lari Moda­Viagem

Tudo sobre o curso do Marangoni

Como vocês sabem, o motivo da minha “mini-estadia” em Paris foi o curso de curta temporada de Basics of Fashion Image and Styling no Istituto Marangoni. Depois de 3 semanas ele chegou ao fim e já deixou saudades, viu? Mas, hoje vou contar o que achei dele detalhadamente.

Marangoni1

Você só pega o  “calendário das aulas” com horários, salas etc no primeiro dia. Isto é, na semana anterior do começo das aulas todos os alunos recebem um email informando o local e o horário desse primeiro dia.

Chegando lá (conforme estava no email) aconteceu uma apresentação geral das infos básicas de todos os cursos de curta-tempotrada (além do meu têm basics of fashion design e fashion business). Depois dessa apresentação que começou 9h e terminou 10h30, já com os calendário em mãos, eu vi que tinha aula no próprio dia as 12:30. Confesso que achei isso desorganizado, assim não deu para programar o dia ou o próprio mês com antecedência. Mas, funciona assim.

Durante a aula, grupo de brasileiros no Marangoni, e a minha turma

Durante a aula, grupo de brasileiros no Marangoni, e a minha turma

Sobre o conteúdo ministrado, no total eu tive 7 professores que deram aulas de assuntos variados. As aulas dedicadas a personal shopper foram dadas pela Dione Occhipinti, brasileira que tem sua empresa de consultoria de imagem e estilo com uma sócia francesa em Paris. Não preciso nem dizer que ela foi minha favorita, né? rs. Já fiquei sonhando em atuar com a BrandMe por lá hahaha #aloka.

Além dessa, eu adorei as aula de “história da moda” e também todas relacionadas a styling – um assunto que eu não tinha experiência e hoje posso dizer que tenho. Ou seja, no fim das contas achei incrível e enriquecedora a maioria das aulas.

Revistas antigas na aula de história da moda

Revistas antigas na aula de história da moda

O perfil da turma era bem variado. Tinha desde menina de 18 anos recém formada (beijo Jas!) até mulher de 36 anos querendo mudar de área totalmente. Mas em média eram garotas da minha idade que de alguma forma já atuam na área.

Ah! É importante comentar, de 12 pessoas só tinha eu e mais uma brasileira. O resto era misturado entre México, Paraguai, Arábia Saudita, Japão, EUA e Índia.

Achei bem interessante porque além de assistir as aulas em inglês, eu fui “obrigada” a falar a língua com minhas “coleguinhas de turma” – como diria minha mãe hahaha. Posso dizer que nessas 3 semanas não só meu francês melhorou muito, como meu inglês idem.

"mood board" dos anos 70 para aula de styling

“mood board” dos anos 70 para aula de styling

Colocando na balança tudo eu posso dizer que recomendo – e muito – o curso do Marangoni. Tanto para quem quer fashion image ou fashion styling. Acho que no fim das contas o mercado busca um profissional politécnico, e quanto mais informação e habilidades você tiver melhor – já ganha vantagem 😉

Para vocês verem, o trabalho final foi um photo shoot com modelo real, fotógrafo também atuante no meio, e depois nós mesmas tratamos as fotos e criamos uma revista digital de “mentirinha” com esse editorial.

Making of do photo shoot

Making of do photo shoot

Com a ajuda dos professores eu pesquisei o tema do shoot (anos 70), decidi todo o styling (roupas, cabelo e make), selecionei previamente as poses da modelo, coordenei o shoot no dia, mexi no photoshop, indesign… Et voilá! Fiquei super orgulhosa com o resultado final e olha que nem estava nos meus planos aprender tudo isso.

Sem contar na estrutura em si do Istituto que é ótima. Um prédio todo modernete recém inaugurado – e todo dele – no 8éme, que é uma região com várias opções para almoço por perto e café (santo Starbucks nosso de cada dia para afastar o sono).

 

Capa da revista "Lolla" - meu trabalho final. E tema do photo shoot

Capa da revista “Lolla” – meu trabalho final. E tema do photo shoot

Bom, acho que já escrevi demais rs. Mas, só posso dizer que se você tem vontade de fazer um curso de curta temporada no Marangoni vá e faça. Ao contrário do que muitos pensam, o valor não é tão exorbitante (em comparação com os cursos do mesmo segmento no Brasil que são carésimos) e eles ainda parcelam para nós brasileiros, yeap!

PS: meninas não estou conseguindo colocar o resto das fotos do photo shoot, mas assim que eu resolver posto para vocês 😉