15 • Janeiro • 2015 Lari Life Style

Onde comprar fantasia de Carnaval?

Agora a contagem regressiva é oficial: falta 1 mês para o Carnaval. E até melhor que o feriado em si, é esse período pré-carnaval onde acontecem diversos blocos de rua aqui no Rio.

Carnaval-fantasia-2014-inspiração-dicas-Lari-Duarte-15

Assim, já está na hora de pensar nas fantasias! Afinal, não tem nada mais sem graça do que ir de “roupa normal” no bloquinho, né? Quanto mais criativo e original melhor.

Como eu sempre recebo emails perguntando o local onde compro minhas fantasias, já vou adiantar esse ano. O melhor lugar para comprar fantasia de Carnaval é o centro da cidade.

Carnaval-fantasia-2014-inspiração-dicas-Lari-Duarte-16-630x1544 (1)

Eu costumo comprar em uma loja que fica na rua Senhor dos Passos n°173. Acho que essa loja (que eu esqueci o nome #abafa rs) tem bastante variedade e um preço justo. Mas, se você pechinchar consegue abaixar ainda mais, viu? #ficaadica na negociação hahaha.

Carnaval-fantasia-2014-inspiração-dicas-Lari-Duarte-2

Quem não tiver tempo de fazer a “missão-centro”, ou está com preguiça de fazer algo mais elaborado, não se preocupa! Você não precisa pular carnaval basiquete, ok? Muitas marcas estão investindo nesse segmento e todo ano lançam coleções cápsulas de fantasias.

É o caso da Farm e da Dress To. O problema é que elas são tão fofitas que dá vontade de levar uma de cada, e elas não costumam ser baratas. Mas, mesmo assim, fica de olho para data dos lançamentos porque elas costumam esgotar bem rápido.

Fantasia de foliã pronta? Só escolher o bloco e bom carnaval! 

07 • outubro • 2014 Lari Moda

Girl power! O site de busca feito sob medida

Um dos temas mais discutidos aqui no blog é moda, nada disso, é preço mesmo. Não adianta, por mais que queremos estar chics & fashions, $$$ não nasce em árvore, né? Antes de se jogar na primeira loja com aquela tendencinha que está fazendo nossos olhos brilharem, uma busca pelo melhor preço é fundamental.

Assim, quem nunca ficou que nem uma louca abrindo várias abas da internet para comparar preços atire a primeira pedra! Hahaha. Mas, no maior estilo Organizações Tabajáras, os nossos problemas acabaram. Semana passada eu descobri o Paraíso Feminino, um site buscador de produtos desenvolvido especialmente para nós mulheres.

lari-duarte-site-buscador-paraiso-feminino

Como assim site-buscador Lari?” Bem simples, o Paraíso Feminino pesquisa e compara preços de moda feminina em lojas virtuais existentes. Ele faz a “parte chata” pela gente rs. Roupas, sapatos, maquiagens, cosméticos… Tudo isso pode ser pesquisado.

Isto é, ao invés de você ir em cada site ver o preço (olhem as mil abas aí…), você escreve o produto que deseja na lacuna de busca do Paraíso Feminino e o site mostra de uma vez só todas que vendem esse determinado produto e os preços. Muito prático, né?

lari-duarte-site-buscador-paraiso-feminino-outlet

Outra coisa que achei muito legal é que o portfólio é bem variado, têm para todos os gostos e bolsos, do luxo ao acessível. Desde marcas nacionais como Luiza Barcelos, Colcci, Tufi Duek, Schutz, até gringas como MAC, Burberry, Paula Cademartori etc. Além de trabalhar com lojas-virtuais conhecidas como Farfetch, OQVestir, O look e muito mais. Sem contar na parte Outlet do site onde é possível encontrar as melhores promoções que estão rolando na internet.

lari-duarte-site-buscador-paraiso-feminino-e-style-e-trends

Além disso, o Paraíso Feminino oferece duas ferramentas que ajudam na escolha do produto ideal, o E-trend e o E-Style. O E-trends você fica por dentro das últimas tendências da moda, uma editora dá dicas de como e quando usar o que tem de mais atual em cada estação. Já o E-Style permite que a gente monte looks com produtos da loja – e se quiser ainda compartilha com as amigas no Facebook, tipo boneca de papel virtual rs.

Eu tenho certeza que como eu, você também deve estar se perguntando como não conheceu o Paraíso Feminino antes, né? Rs. Eu achei a proposta perfeita para mulher moderna que quer economizar não apenas o dinheiro, mas o tempo.

www.paraisofeminino.com.br

31 • Janeiro • 2014 Lari Viagem

Desvendando o outlet La Valléé Village em Paris

Aproveitei que dessa vez estava com a agenda mais folgada em Paris e me programei para ir um dia no outlet La Vallée Village Já fazia 4 anos da última vez que tinha ido, então queria ver se ainda valia a pena. Bom, como eu já esperava, novamente não valeu pouco e sim muuuito.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-2

Para quem não sabe, o La Vallée Village faz parte do grupo Chic Outlet Shopping que têm vários “villages” (como eles chamam os outlets) espalhados pela Europa. No caso esse que eu fui fica a 45 min de Paris, super pertinho! É um pouco antes da Eurodisney.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-16

O que eu mais gostei nele é a proposta de ser um outlet de luxo, oferecendo serviços especiais como personal shopper e “hands free shopping” (uma pessoa para carregar suas sacolas rs) . Além disso, tem um leque amplo de marcas grifadas – o que difere um pouco da maioria dos outlets americanos.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-10

Lá podemos encontrar nomes como Valentino, Givenchy, Céline, Dolce & Gabanna, Jimmy Choo, e mais. Além das “marcas tradicionais outlets” que principalmente os homens amam, como Polo Ralph Lauren, Armani, Vilebrequin etc.

Mas, para mim, o ponto alto mesmo é poder se jogar nas marcas francesas com desconto. Minha dica é logo de cara passar na Eric Bompard e garantir uns casaquinhos 100% cashmeres pela metade do preço (já falei dessa marca nesse post aqui). Outras ótimas opções para moda feminina “must-go” são Maje (amo!!!), Sandro e Bash. Para os meninos, vale a pena ficar de olho nos tênis e sapatos do Paul Smith.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-12

Para completar minha sorte, eu fui em uma das melhores épocas, quando acontecem les soldes (descontos). Ou seja, muitas peças tinham 30%, 40% e até 50% de desconto em cima do preço já reduzido do outlet. Essa super promo acontece agora em janeiro e também no meio do ano.

Algumas das marcas francesas, vale a visita

Algumas das marcas francesas, vale a visita

Vamos falar das minhas compritchas? No fim das contas acabei não levando muitas coisas, mas por causa dos soldes foram poucas e muito boas compras que, sem dúvidas, fizerem uma baita diferença no meu orçamento de viagem.

Os caquinhos e o tênis que trouxe. E duas roupas que eu AMEI no Valentino, mas não deram em mim

Os caquinhos e o tênis que trouxe. E duas roupas que eu AMEI no Valentino, mas não deram em mim

Entre as coisas que eu comprei estão: 3 shorts Vilebrequin (pelo preço de 1 em uma loja tradicional), 2 cashmeres do Eric Bompard (mais baratos que 1 na loja), tênis Paul Smith para o meu irmão, uma saia na Maje por 35euros (pechincha!), uma camisa de seda na Bash, e uma blusa de seda na The Kooples.

Mas, sem dúvidas, o maior achado no La Vallée foi um vestido longo pink no Valentino. Esse ano vou ser madrinha de um casamento muito importante (do meu irmão <3), logo estou com o olhar atento para possíveis opções.

O "polêmico" vestido Valentino

O “polêmico” vestido Valentino

Assim que entrei na loja dei de cara com ele e me apaixonei. Mas, depois de enviar minha foto vestida com ele para noiva, chegamos a conclusão que não valia a pena. Quem me segue no Instagram (@blogdalari) viu o bafafá que deu quando eu disse que “a noiva achou o vestido simples”. Na verdade, o que ela quis dizer, é que o último dress que usei como madrinha (inclusive postei aqui) era também rosa e mais bonito.

Depois eu fiquei pensando que poderia ter trazido ele mesmo assim, pois estava com um preço ótimo, e quem sabe usaria em outra ocasião? Mas, eu não ajo mais por impulso, bateu uma dúvidazitcha na hora, não compro.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-5

Ah! Outra dica que eu tenho que dar para vocês é quando quiserem dar um pit-stop nas compras, parem em uma das barraquinhas da Amorino. Se estiver quente tome um dos sorvetes maravilhosos da marca, e no inverno (como no meu caso) peça um chocolate quente. É o melhor que já tomei na vida, delicioso!

Luisa Lins, minha amiga, com nosso amor: chocolate quente do Amorino #thebest

Luisa Lins, minha amiga, com nosso amor: chocolate quente do Amorino #thebest

Quem estiver pensando em visitar o La Vallée Village, eu vi que eles oferecem alguns pacotes que podem valer a pena. Um deles é o “Shopping day experience at La Vallée Village” (€83 por adulto) que inclui translado em um micro-ônibus do próprio outlet, VIP Card com 10% de desconto a mais para ser usado nas lojas, almoço no Natalie’s Café e um voucher de €50 para gastar. Achei muito válido! Uma pena que descobri depois só.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-14

O outro é o “Chic Goes Wild Limited Edition Shopping Package”, que começa dia 01 de fevereiro e vai promover a nova campanha do grupo. Ele inclui todos os intens do outro pacote, mesmo preço, com o acréscimo de uma entrada de graça para o Museu da tradicional perfumaria Fragonard.

Os dois podem ser comprados no site do La Vallée (só clicar aqui), e para as chics de plantão hahaha, dá para fazer um upgrade nos pacotes e ir com motorista particular.

La-Valléé-Village-chic-outlet-Paris-dicas-como-chegar-Lari-Duarte-tudo-sobre-3

Como disse antes, eu achei que a experiência toda em si valeu muito a pena. É possível fazer ótimos achados. Quem estiver com tempo em Paris vale se programar para dar uma conferida e fazer umas compritchas. Afinal, quem não ama?

www.lavalleevillage.com