08 • junho • 2015 Lari Cultura­Moda­Viagem

Musée Pierre Cardin em Paris

Olá meninas, como foram de feriadão? Apesar de ter voltado de Paris, eu ainda estou cheia de dicas da cidade luz. Como eu sei que “Paris is always a good idea“, e que sempre têm leitoras chiquérrimas viajando para lá, ainda vai ter muitos posts parisienses, ok? hehehe.

Bom, hoje vou falar sobre um museu que eu conheci e que é parada obrigatória para quem ama moda, é o Musée Pierre Cardin.

IMG_6855

O museu, que conta a trajetória desse estilista revolucionário, abriu em novembro do ano passado no coração do Marais (o bairro mais cool e boêmio da cidade).

Com vocês, Pierre Cardin

Com vocês, Pierre Cardin

Para quem não sabe, Pierre Cardin começou trabalhando com Elsa Schiaparelli, comandou o ateliê dos alfaiates de Christian Dior, até abrir a sua própria marca em 1950. Mas, foi na década de 60 que ganhou destaque com seu trabalho vanguardista e experimental.

Fotos minhas durante a visita

Fotos minhas durante a visita

Como muitos outros da época, sua criação estava focada na era espacial, com roupas futurísticas recheada de formatos geométricos e muitas vezes unissex. Roupas que são consideradas modernas e diferentes até os dias de hoje.

Mais fotos minhas

Mais fotos minhas

No museu podemos conferir mais de 200 modelos, incluindo móveis e acessórios também desenhados por Cardin, dividido em 3 andares.

Madame Renée Tapounier que comanda o museu e foi a guia da visita guiada, e mais looks

Madame Renée Tapounier que comanda o museu e foi a guia da visita guiada, e mais looks

Como eu estava com o grupo da Paris Style Week (curso que eu fiz e vou contar em breve), eu tive o privilégio de fazer uma visita guiada ao museu por Madame Renée Tapounier, uma simpática senhorinha que trabalha na maison há quase 60 anos. Ela começou aos 14 anos como aprendiz, e nesses anos todos já fez um pouco de tudo.

Achei de uma fofura sem igual e muito emocionante ver sua alegria em contar a história por trás de cada look exposto, e tantas outras dos bastidores. Ah! Por sinal, ela quem fez o styling de todos os manequins expostos no museu.

Eu também não posso deixar de comentar que quando eu estava no museu o próprio Pierre Cardin chegou. Aos 93 anos, ele continua ativo no trabalho segundo Madame Tapounier.

musee_pc_008_jpeg

O museu funciona de quarta a sexta, das 11h as 18h, e sábados e domingos das 13h as 18h. O ingresso custa 25 euros. Mas, quer uma dica? Se você fala francês eu entraria em contato para fazer a visita guiada, sem dúvida foi muito mais emocionante.

Endereço: 5 Rue Saint-Merri 75004 Paris

musee@pierrecardin.com

www.pierrecardin.com