26 • dezembro • 2010 Lari Life Style

On my way… Paris

Quando vamos viajar, nunca é demais receber dicas, né? Eu, particularmente, AMO essa etapa de pré-viagem de programar o itinerário, e sempre peço aos amigos que já foram ao destino escolhido sugestões de tuuuudo! Esses dias, uma amiga minha me pediu umas tips de Paris. E como uma apaixonada/enlouquecidade pela cidade, claro, que comecei a fazer uma listinha de sugestoes. Afinal, todo mundo sabe que se eu pudesse pegava minha trouxinha e ia correeendo ficar la para toujours! hahaha Mas voltando ao assunto… eu resolvi colocar aqui no blog um guia com o que eu considero o melhor da capital francesa. I hope you like it!!!!

Paris je t’aime! Atire a primeira pedra quem nunca sonhou em conhecer a Cidade Luz. Cosmopolita, a capital francesa consegue agradar as mais variadas tribos. Cidade da arte, com mais de 1.000 opções de museus para seus visitantes, e capital gastronômica com seus irresistíveis bistrôs abertos diariamente para se tomar um bom vinho e saborear um fromage. Entre suas avenues, a história do mundo  pode ser contada e vivida. Mas o que faz de Paris uma cidade especial? um je ne sais quoi somado a um clima de l’amour, que a torna inesquecível para todos que em algum momento cruzaram o Senna. Não precisar ser Humphrey Bogart no clássico Casablanca para afirmar “We will always have Paris”.


Onde comer?

#Atenção!!! Nunca se esqueçam de fazer reserva.


L’Avenue Meu restaurante favorito em Paris. Todos os pratos são deliciosos. Desde entrada até sobremesa. Ele é bem tradicional na cidade, então é comum encontrar celebridades francesas e internacionais. Uma vez eu vi a Beyonce “toda toda” jantando com o Jay-z.

End: Av.Montaigne n:41 (8th arrondissement)

Tel: +33 1 40 70 14 91



Chez Andre – Restaurante bem tradicional, cardápio típico francês. Para os fãs de pato, eu recomendo o canard de lá, um dos melhores que eu já comi.

End: Rue Marbeuf, n:12 (8th arrondissement)

Tel: +33 1 47 20 59 57




Kong – Restaurante/bar de cozinha contemporânea localizado em cima da loja da Kenzo. O cardápio em si não é lá essas coisas, mas o ambiente e o clima do local compensam. O restaurante é todo de vidro, com uma vista linda da cidade, e foi decorado por ninguém menos que Philippe Starck . Não é a toa que Carrie Bradshaw almoçou nele em um dos episódios em que está morando em Paris com o Aleksandr Petrovsky.

End: Rue du Pont Neuf, n:1 (1th arrondissement)



Le Relais de L’Entrecôte – Hummm me dá água na boca só de lembrar! Não é um restaurante chique mas é muuuuuito conhecido, não apenas por turistas, mas também pelos próprios franceses. Mora no meu coração do ladinho do L’Avenue hahaha A proposta do restaurante é a seguinte: só existe um prato, bife com batata frita. Mas eles garantem que é o melhor que você vai comer na vida – e é mesmo. O segredo é o molho da carne, que deixa tudo uma delícia. Assim, a garçonete só vai te fazer uma pergunta “qual o ponto da carne?”. Depois vai trazer a entradinha, que é uma salada com nozes, e em seguida o carro-chefe, o l’entrecôte avec des frites. Para acompanhar, eu recomendo o vinho da casa, o tinto que vem escrito no rótulo o nome do restaurante.

End: Rue Marbeuf, n:15 (8th arrondissement)

Tel: +33 1 49 52 07 17

Obs: Tem filiais na Boulevard Saint Germain e na Boulevard Montparnasse, mas o da Marbeuf é o meu favorito. 



La Tour D’Argent – Um dos restaurantes mais tradicionais de Paris, ele existe há mais de 400 anos. Inclusive, na época em que os nazistas invadiram Paris, os proprietários construiram um “esconderijo” para protegerem os melhores vinhos da adega. A especialidade da casa é o Pato. Eles possuem uma granja própria inclusive. O prato mais famoso é o Caneton Tour D’Argent. Quando alguém pede esse prato, a pessoa recebe tipo um cartão com o número sequencial desde a primeira pessoa que pediu o prato. Não é nada demais, mas eu achei engraçado quando veio hahaha Já passou da casa do 1 milhão. Além disso tem um bela vista do Rio Sena e da Notre Dame. É um restaurante que pelo menos uma vez na vida tem que ir.

End: Quai de la Tournelle, n:15 (5th arrondissement)

Tel: +33 1 43 54 23 31



Au pied de Cochon – Tem os melhores scargots de Paris! E o restaurante fica aberto 24h, ou seja, se você quiser sair da noitada e comer um scargotzinho/mc night, lá é o lugar certo hahaha Brincadeiras a parte, o restaurante fica perto do Museu Pompidou, e o steak tartare também é delicioso, vale muito a pena para almoçar.

End: Rue Coquillière, n:6 (1th arrondissement)

Tel: +33 1 40 13 77



L’Atelier – O restaurante possui um balcão com 36 lugares, onde você pode ver os cozinheiros em plena ação, e ainda é possível dar palpite na “produção” dos próprios pratos. O menu é servido em mini degustações. Uma delícia poder provar vários pratos em pequenas porções. Vá com paciencia, porque são poucas horários disponíveis para reservas, então é normal pegar uma filinha.

End: 5, rue de Montalembert

Tel: +33 1 42 22 56 56



Le Ciel de Paris – Localizado no topo da Torre de Montparnasse, o restaurante oferece uma vista privilegiada de toda a cidade de Paris. Ele funciona desde de manha ate a noite, tornando-se um lugar perfeito para tudo: cafe da manha, almoco, jantar, ou apenas bebericar um drink. 

End: 33, avenue du Maine (15th arrondissement) 

Tel: +33 1 40 64 77 64



Au P’tit Grec – MELHOR crepe de Paris!!! Duvido existir um melhor que esse, eu dou minhas bochechas gordas a tapa hahaha Au P’tit Grec fica na Rue Mouffetard, endereco de muitos jovens estudantes. Diferente da Champs Elysées e sua aglomeração de turistas, a Mouffetard é frequentada por parisienses, que vão até lá comer um crepe e depois jogar conversa fora em um dos vários bares da região. Assim que você chega na creperia, o atendente (típico francês) já diz logo um “bonjour” bem alto, e pergunta o sabor que vc quer. Em seguida o próprio começa a fazer. Tudo na maior informalidade e clima despojado. Entre a enorme variedade de sabores, peça o básico jambon e fromage avec tout (presunto, queijo, alface, tomate e rodelas de cebola). Como sobremesa o tradicional de nutella. E não se esqueça, vá preparado para sair bastante satisfeito. Além de ser o mais gostoso, é ,sem dúvida alguma, o maior crepe de Paris. Delicieux!

End:Ligne 7, metro: Place Monge

66 Rue Mouffetard (5th arrondissement) 



Paul – Melhor local para tomar um café da manha ou lanchinhos rapidos. Fundada desde 1889, Paul é uma das Patisseries mais tradicionais de Paris. Toda esquina tem uma filial da casa. O croissant e o pain au chocolat de la sao os melhores!!!! Quando vc estiver com aquela fominha, mas sem tempo, nao pense duas vezes, leve um dos dois – ou os dois hahaha – para comer no caminho. 

#olha as buchechas no final de viagem, consequencia de tanto comer croissants…

Obs: O atendente vai te fazer uma pergunta “Emporter ou sur place?” que significa “levar ou aqui?”. Se vc comer em uma das mesinhas do lugar, vc vai ter que pagar uns centavos a mais, nada muito alem, mas ja é de praxe. So pra ninguem pagar mico, e fazer que nem a minha mae “Larissa, a atendente sempre me pergunta a mesma coisa, todos os dias, e eu nao entendo, ai aponto pro croissant” hahahaha so respoder!

Onde comprar?


Multimarcas Montaigne Market – Alexader McQueen, Alexander Wang, Balmain, Lanvin, Pucci, Valentino, YSL, e muitos outros designers você encontra na loja. Escolha de roupas, sapatos, bolsas e acessórios impecáveis. Vale muito a pena!

End: 57 Av.Montaigne (8th arrondissement)

www.montaignemarket.com/



Louis Vuitton da Avenue Montaigne- Se você pretende comprar alguma coisa da LV em Paris nem pense em enfrentar a muvucada de turistas (japonesada + brazucada em peso) batendo fotos na loja da marca na Champs Elysées. Pertinho dali e sem o tumulto do entra e sai e flashs da outra, existe a LV da av.Montaigne. Ela está sempre com o número ideal de pessoas, atendentes atenciosos, e toda a tranquilidade perfeita para fazer compras.

End: 22 Av.Montaigne (8th arrondissement)


Maje – Marca francesa que todo mundo tem que conhecer! Me lembra muito o estilo da ATeen.

End: Tem várias lojas, só entrar no site e ver a mais perto. Eu comprava muito nesses dois endereços: 267 Rue St Honoré no 2th arrondissement e na 38 avenue Victor Hugo no 16th arrondissement.

http://www.maje-paris.fr/




Avenue Montaigne – Tenho que assumir que tenho um pouquinho de preconceito com lojas de departamentos, se tenho algo definido para comprar de ante mao, eu prefiro comprar diretamente na loja da marca. Por isso que minha sugestao de compras eh andar por toda a avenue Montaigne. Nela, vc encontra a maioria das grandes labels, Chanel, Dior, Dolce&Gabbana, Chloe, Jimmy Choo, etc… mas pode ter certeza, que se vc nao encontrar alguma marca especifica la (Ex:Hermes), eh que ela se localiza na Rue Faubourg Saint Honore, outra rua super agradavel para compras, e que tambem tem filial da Chanel, entre outras. Ficou meio confuso, neh? hahaha Resumao, tire o salto e caminhe nas duas! 



Le Bon Marchet – Excessao das lojas de departamentos! Nao eh excessivamente grande como as Galleries Lafayette e Printemps, e eh muito mais vazia.  Possui marcas otimas!




Galeries Lafayette e Printemps – Sao as lojas de departamentos mais famosas de Paris. Para quem gosta de encontrar tudo em um mesmo lugar, sao os enderecos ideais. Ambas possuem predios exclusivos para os homens. Eh bom que cada um vai para um lado fazer compras, e nao da briga! hahaha 


Pharmacie – Sim, aproveite para ir na boa e velha Farmacia. Todas elas vendem La Roche Possay, Clinic, vichy, etc, etc, etc. Como se fosse um shampoo seda nas nossas farmacias brazucas, sabe? hahaha e o precinho entao, sem comentarios, muito mais baratos. Sonho de todo dermatologista. Juro, podem fazer o teste. Da ultima vez que eu fui, eu tive uma consulta alguns dias antes, quando eu disse que estava com a viagem marcada, ele acrescentou uns 6 produtos e disse pra eu comprar tudo la hahaha.


Onde tomar um cafe?



Les Deux Magots – Super tradicional. Uma delicia sentar aos domingos pela manha e ver o movimento da Saint Germain.
End: 6, place Saint-Germain-des-Pres (6th arrondissement)
Tel: +33 1 45 48 55 25


Café de Flore – Vizinha do Les Deux Magots, o local funciona desde 1887! Ja foi o reduto preferido de grandes artistas como Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir. 

End: 172, Boulevard Saint-Germain

Tel: +33 1 45 48 55 26




Fauchon – Nao existe o melhor crepe de Paris? Entao, na Fauchon fica o melhor macaron do mundo! Visita obrigatoria na cidade, nem que seja para montar uma caixinha com essas delicias para viagem. Mas o ideal, eh parar para tomar um cafezinho e comer vaaaarios la mesmo. Nunca consegui trazer um para o Brasil, pois nao resisto e sempre como antes, nem que seja no aviao hahaha Meus prediletos: chocolate, bien sur, vanilla e caramel. Alem disso, na parte de “lojinha” existem varios produtos da marca, desde biscoitinhos, chas variados, bombons, etc. Otima sugestao de presente de viagem eh comprar um kit com itens da epicerie. Btw, o ambiente eh super fofis, todo cor de rosa! 

End: 24-26, place de la Madeleine, (5th arrondissement)


O que visitar?

#Gente sao tantos lugares must go, que eu resolvi listar. Depois seguem fotos aleatorias de Parri =)

  • Place de la Concorde
  • Bastille
  • Quartier Latin
  • Arc de Triomphe
  • Musee de L’armee
  • Musee Rodin
  • Musee D’Orsay
  • Musee du Louvre
  • Musee de L’Orangerie (meu preferido)
  • Centre Pompidou
  • Musee Picasso
  • Jardin des Tuileries
  • Jardin du Luxembourg
  • Opera Garnier
  • La Defense
  • Pantheon
  • Basilique du Sacre Coeur
  • Cathedrale Notre Dame
  • Chapelle de la Medaille Miraculeuse (missa linda)
  • Eglise Madeleine
  • Passeio no Rio Sena de bateaux parisiens
  • Tour Eiffel
  • Chateau de Versailles (Imperdivel!)












Obs: Desculpa a falta de acento! Eu nao sou analfabeta, eh que o meu computador ainda nao foi configurado. 
18 • novembro • 2010 Lari Moda

Nails!

Esmalte da semana:Blue Satin da Chanel

Já foi tempo em que todas queriam pintar as unhas com ele, e era um martírio encontrar nas prateleiras. Hoje muitos dizem que está fora de moda, mas eu não estou neeeeem aí. Blue Satin é a minha cor favorita disparaaado, não consigo enjoar do tom preto/azulado dele no ponto certo. Amo!!!
18 • novembro • 2010 Lari Moda

VOGUE BEST-DRESSED

A Vogue américa lançou sua edição das mais bem vestidas do ano de 2010, a VOGUE BEST-DRESSED. E, é claro, quem ganhou foi a Blake Lively, a nossa eterna Serena Van Der Woodsen, personagem do seriado Gossip Girl.

Linda, magra e dona de uma das cabeleiras mais copiadas nos salões, não são só esses detalhes que fazem dela uma inspiração. Gente é impressionante como qualquer trapinho de quinta que ela coloque, faz A presença no red-carpet! Poucas pessoas no mundo, principalmente das celebs, possuem esse dom de ser chic naturalmente. Não é a toa que ela se tornou a queridinha de estilistas e críticos da moda. Congratz Vogue, vocês acertaram em cheio!


Alguns flagras de Blake…