17 • julho • 2018 Lari Viagem

Onde se hospedar em Paris? Le Cinq Codet!

Uma das (muitas) coisas que faz eu amar Paris é que você pode ir mil vezes a cidade que sempre têm novidades. Isso se aplica em todas as áreas. Seja um restaurante novo, uma exposição, uma loja, ou um hotel. E na minha última ida à Cidade Luz, eu amei conhecer e me hospedar no Hotel Le Cinq Codet.

O hotel está localizado em uma rua calma e tranquila no 7éme arrondissement, que faz parte da Rive Gauche (como é chamado o lado esquerdo do Rio Sena), e é um bairro totalmente residencial. Mais precisamente, ele está na região dos Invalides, e do Le Cinq Codet é possível ver a tumba de Napoleão, e ir a pé à Tour Eiffel.

Hotel-Le-Cinq-Codet-Paris-Onde-ficar-hospedado-dicas-hotéis-roteiro-Paris

Uma localização maravilhosa, pois é possível sentir e vivenciar Paris como um morador, mas ao mesmo tempo estando perto dos principais pontos turísticos, sabe?

Sobre o hotel, ele é tudo que se espera de um 5 estrelas: atendimento excelente e quartos muito confortáveis. Mas, com um bônus, o Le Cinq Codet é todo modernete. Então prepare-se para um quarto prático e tecnológico que funciona totalmente a base de botões e controles #amo haha.

Hotel-Le-Cinq-Codet-Paris-Onde-ficar-hospedado-dicas-hotéis-roteiro-Paris

De quebra, o hotel tem um restaurante que foi bastante recomendado. Eu AMEI taaanto o café da manhã, que imagino que seja delicioso o menu fixo do restaurante também. Ah! E é aberto ao público, viu? Não é só para hóspedes.

Se você está com viagem marcada para Paris fica a dica de hospedagem, viu? Vale muito dar uma olhada no Le Cinq Codet. Eu fiquei hospedada por 1 semana e minha experiência não poderia ter sido melhor.

www.le5codet.com

05 • junho • 2018 Lari Viagem

Conhecendo os hotéis Four Seasons de Istambul

Olá pessoal, como vocês estão? Quem me acompanha no Instagram (@lariduarteoficial) sabe que recentemente eu viajei para Istambul, na Turquia.

Eu fiquei MUITO feliz com a oportunidade, Istambul estava na lista dos meus “destinos dos sonhos” para conhecer na vida, sabe? Sou encantada pelo mix da cultura árabe tradicional, com a modernidade do ocidente, que a cidade oferece.

Em breve vou fazer um post só com as dicas do que fazer, e onde ir, ok? Fiquem de olho! Hoje vou falar sobre onde se hospedar em Istambul.

Istambul-onde-se-hospedar-?-dicas-o-que-fazer-Turquia-Tudo-sobre-Four-Seasons-viagem

A gente (eu e as meninas que estavam comigo, Blog da Maiah, Camila Almeida, e Luisa Accorsi) escolheu ficar no Four Seasons Sultan Ahmet, uma antiga prisão que, na minha opinião, mais parece um antigo palácio haha de tão lindo que é.

Primeiro pela localização do hotel. Ele fica bem no centro da cidade, a pé dos principais pontos turísticos, como a Aya Sophia, Mesquita Azul e Grand Bazaar – 3 programas que todo mundo que viaja pra lá faz. Não preciso nem dizer como é bom caminhar em viagens, né? Acho a melhor forma de conhecer e sentir de verdade o local.

Istambul-onde-se-hospedar-?-dicas-o-que-fazer-Turquia-Tudo-sobre-Four-Seasons-viagem

Segundo pelo padrão de qualidade Four Seasons. Não importa o destino, os hotéis da rede são sempre extremamente confortáveis, e com atendimento impecável. Além disso, eles lançaram recentemente um app pra facilitar a vida dos hóspedes. Lá você consegue alterar e mexer na sua reserva, fica a dica hehehe.

Em Istambul também tem o Four Seasons Bosphorus que, como o nome sugere, fica a margem do Bosphorus – estreito que corta a cidade entre os continentes Ásia e Europa.

Essa opção de hospedagem também é ótima, viu? Acho que quem for ficar mais tempo na cidade, vale ficar lá. O hotel era um antigo Palácio e parece um cenário de filme de tão bonito.

Istambul-onde-se-hospedar-?-dicas-o-que-fazer-Turquia-Tudo-sobre-Four-Seasons-viagem

A gente conheceu esse hotel também porque fomos no spa dele fazer o famoso Banho Turco (por sinal, que experiência! Vou contar detalhado depois), e almoçamos depois no restaurante. Fica a dica desses dois programas, viu? Você pode fazer tudo isso, sem estar hospedado lá, igual a gente hehe.

Bom, como disse antes, eu AMEI minha viagem por completo, e amei ainda mais ficar no Four Seasons. Se você está de viagem marcada pra Istambul, vale a pena conhecer!

07 • dezembro • 2017 Lari Viagem

Tudo sobre minha hospedagem no Belmond Copacabana Palace

Onde-se-hospedar-no-Rio?-Onde-Ficar-?-Dicas-blog-da-Lari-Duarte-Belmond-Copacabana-Palace-tudo-sobre-Hotel

Se tem uma coisa que eu amo nessa vida é viajar. Estou sempre pensando no próximo destino, e amo pesquisar/ler sobre hotéis. Não a toa que criei a hashtag #ViajandoComLari, né? Viajar é de fato um dos meus principais hobbies <3

Mas, por que estou falando tudo isso logo agora, oras? Porque no último fim de semana, eu dei check em uma “viagem” que sempre quis fazer: me hospedar no Belmond Copacabana Palace.

Eu coloquei entre aspas “viagem”, pois, como carioca, não seria uma viaaaagem/viagem mesmo (se bem que o trajeto Barra – Copa é quase uma viagem sim… hahaha). Brincadeiritchas a parte, no fim das contas eu me senti viajando real, me senti uma turista no meu próprio Rio, e voltei domingo renovada para casa.

Onde-se-hospedar-no-Rio?-Onde-Ficar-?-Dicas-blog-da-Lari-Duarte-Belmond-Copacabana-Palace-tudo-sobre-Hotel

O Copacabana Palace é um dos hotéis mais tradicionais do Brasil – se não for do mundo. Todo mundo já escutou falar dele. O hotel foi construído na década de 20 a pedido do, ninguém menos, presidente da época (Epitácio Pessoa) que desejava ter um hotel de luxo na então capital do país.

Até hoje ele é referência, e já hospedou muitas celebridades. E acho que por essa história toda que eu sempre quis ter meu “momento hóspede” por lá também.

Quando você entra no Copa, você se sente realmente em outra cidade, em um Rio que funciona. Sabe a fama de atendimento ruim da cidade? Esquece! Durante toda a minha estadia fui super bem cuidada. Funcionários bem treinados e gentis, sempre a postos pra ajudar nós hóspedes – sempre quis falar isso haha.

Como já era de esperar, a estrutura do hotel é excelente. Quarto e banheiro amplos, bem iluminados, cama confortável, aquela decoração clássica e aconchegante, do jeitinho que eu gosto. Tenho paaavor daquele estilo quarto-modernoso-escuro, sabe? Aquele que quando você sai na rua, a maquiagem é uma surpresa haha.

Outro coisa que não poderia deixar de falar é a piscina! Famosa piscina do Copa que eu já tinha visto inúmeras vezes, mas nunca curtido de fato. Ela passou por uma reforma durante o inverno, ganhou novos móveis, paisagismo de Burle Marx, e um pool bar.

Eu amei meu dia de “piscina”. O menu de drinks do bar é ótimo, e pra acompanhar pedimos vários pratos para dividir. Dadinhos de tapioca, pastéis, pães de queijo… Tudo aprovado! Fora os mimos, como uma pessoa oferecendo toalhinhas geladas para refrescar nas espreguiçadeiras, e sugerindo trocar a toalha molhada.

No quesito gastronomia o hotel dá um show também. Atualmente existem três opções. O italiano Cipriani, o asiático Mee, e o restaurante da piscina, a Pérgula.

Na sexta eu jantei no Cipriani. Há quatro anos que não ia (inclusive escrevi esse post da última vez que fui), e posso falar que continuo recomendando. O chef trocou, o menu mudou, mas na gostosura tudo segue igual. Eu estava com meu namorado e um casal, e todos saíram felizes e satisfeitos com suas escolhas. A proposta é mais formal, arrumado, com piano tocando ao fundo… Como falamos no jantar, a sensação é que você está no livro Gatsby. Vale a pena conhecer.

Mas, a bola da vez, a novidade queeentíssima, é a Pérgula. O restaurante que fica a beira da piscina passou por uma super transformação depois de 24 anos. Com investimento de 8 milhões de Temerzinhos, a nova Pérgula ganhou uma nova decoração, com ambiente despojado, e um novo menu – assinado pelo chef Filipe Rizzato.

A proposta é o Pérgula ser muito além de um restaurante de piscina, e sim, um local para os cariocas frequentarem. Eu fui no sábado a noite e adorei! Clima animadex com DJ (tem de quinta a sábado a noite), carta de drinks super legais, e comida deliciosa. Recomendo super marcar um almoço, jantar, ou até brunch com os amigos lá.

Belmond-Copacabana-Palace-Hotel-Rio-de-Janeiro-onde-se-hospedar-ficar-Lari-Duarte-blog-01

Bom, como vocês podem ver, eu AMEI meu fim de semana no Copacabana Palace. A sensação que tive é que você não precisa sair de lá para nada, sabe? Você tem TUDO ali, e TUDO maravilhoso. É uma experiência que todo mundo pelo menos 1x na vida deveria viver, se dar de presente. Vale todo o investimento.

 

 

www.belmond.com/copacabana-palace-rio-de-janeiro