17 • fevereiro • 2016 Lari Viagem

Roteiro de viagem: Genebra (Parte #01)

Feliz 2016, pessoal! Afinal, só depois do Carnaval que o ano começa pra valer, né? Quem me acompanha nas redes sociais (@lariduarteoficial no Instagram e lariduarteof no snapchat) sabe que esse ano fugi da folia – apesar de amar um carna <3

Eu aproveitei o feriadão pra viajar com minha família. Nós ficamos uns dias na Suíça e depois engatamos 1 semanitcha esquiando, ou melhor, fazendo snowboard em Chamonix na França, uma delícia!

Ou seja, aguardem muitos posts sobre essa viagem toda. Têm muitas dicas e coisas legais para compartilhar com vocês.

E para abrir com chave de ouro, hoje eu vou falar sobre Genebra, a cidade que escolhi pra ficar como base na Suíça. Quando estava pesquisando, eu senti muita falta de dicas de lá. Assim, eu resolvi fazer um roteiro de viagem de Genebra. Vamos lá!

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Genebra vista de uma das torres da Catedral St. Pierre

Sobre Genebra:

Ao contrário do que muitos pensam, Genebra não é a capital da Suíça (e sim Berna). A cidade está localizada na parte francesa do país, assim o francês é a língua oficial. Mas, todos falam inglês também, e se bobear até português rs. Por ser sede da ONU a cidade é bem cosmopolita.

Se você for do ritmo non-stop, 1 dia é suficiente pra conhecer Genebra toda, mas se quiser explorar cada cantinho com calma e tranquilidade recomendo 2 dias, e aí você zeeera ela de vez – o que eu fiz rs.

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Bandeiras da Rue d’ Hotel De Ville

Como se locomover?

Como a maioria das cidades suíças, Genebra é bem pequena, então na maior parte você vai fazer tudo a pé. Mas, outra opção é usar os transportes públicos: ônibus e train (um tipo de metrô a céu aberto) que são muito fáceis de entender as rotas, e de quebra gratuitos pra estrangeiros (só pegar o seu cartão no hotel). A noite pra sair eu peguei taxi, mas achei a tarifa alta. Ou seja, de dia, aposte nos transportes públicos mesmo.

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Passeando pela Vieille Ville

O que visitar?

  • Cidade Velha ou Vieille Ville

Localizada na parte mais alta da cidade, foi ali que Genebra nasceu. Têm várias ruelas fofas e é uma área gostosa de caminhar e passear. Eu recomendo parar na praça principal, a Place de Bourg-de-Four, e tomar um café ou vinho vendo o movimento.

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Tomando um chá pra aquecer em um café da Place de Bourg-de-Four

  • Catedral de Saint-Pierre

Na cidade velha fica a catedral da cidade, a Catedral de St. Pierre. Como ela é um catedral protestante, dentro dela não há imagens de santos ou muitos “enfeites”, mas mesmo assim vale a visita. Além disso, é possível subir em suas torres e ter uma vista panorâmica da cidade, imperdível!

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Entrada da Catedral St.Pierre

  • Jardin D’Anglais e L’ Horloge Fleurie

A beira do Lac Léman está esse jardim, o Jardin D’Anglais. Como eu viajei em pleno inverno, não deu pra ver muita coisa, mas imagino que na primavera fique bem bonito. Dentro dele fica o famoso Horloge Fleurie, um relógio feito de flores que é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade.

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

  • Jet D’Eau

Outro ponto turístico famosíssimo de Genebra é o Jet D’Eau, um jato de água espirrado para o alto em pleno lago Lémane que é considerado a fonte mais alta do mundo. Você vai ver o jato de diversos lugares de Genebra, inclusive do Jardin D’Anglais.

  • Passear nas margens do Lac Léman

Outro passeio imperdível é passear a beira do famoso lago, o Lac Léman. Durante o verão é possível passear de barco nele, e até fazem um “tipo de praia” em um trecho chamado de “Bains des Paquis” (a entrada é paga). A água do lago é super limpa e cristalina, deve ser ótimo na curta época de calor deles. Mas, em pleno inverno (que era meu caso…), eu dei só uma caminhadinha mesmo rs.

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Euzitcha em frente a ONU

  • ONU

Como eu disse antes, em Genebra fica a sede das Nações Unidas, a ONU. É possível fazer um tour dentro da sede que dizem que é super interessante e dura em média 1h. Mas, as visitas não estavam ocorrendo quando eu fui. Fica a dica conferir no site deles antes o funcionamento e agendar a visita (www.unog.ch).

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Monumento Broken Chair na Place de Nations

  • Place de Nations + Broken Chair

Em frente a ONU fica essa famosa praça e nela tem o monumento Broken Chair, que é uma inusitada cadeira gigante com 1 perna quebrada.

A história da cadeira é a seguinte: ela foi criada em 1997 e a princípio ficaria por apenas 3 meses exposta ali. O motivo? Ela representava o protesto contra as minas terrestres utilizadas nas guerras na África, que já fez muitas vítimas morrerem ou perderem uma de suas pernas.

A cadeira fez tanto sucesso que o governo decidiu tornar ela permanente.

  • Museu da Cruz Vermelha

Genebra também é sede da Cruz Vermelha, organização que presta assistência humanitária de saúde e direitos humanos para vítimas de guerras. No museu da organização é possível acompanhar a história do seu trabalho pelo mundo. Muito interessante! (www.redcrossmuseum.ch)

Dicas-de-Genebra-Geneve-O-que-fazer-informações-tudo-sobre-o-que-visitar-roteiro-de-viagem-guia-de-viagem-genebra-infos-blog-Lari-Duarte-como-chegar-Suíça-Suiça-viagem

Mais uma foto minha batendo perna pela cidade

Bom pessoal, como eu não sei ser sucinta (acho que por isso amo tanto blogar haha), eu já vi que o post está enorme. Para não ficar cansativo, amanhã eu termino o Guia de Viagem de Genebra com dicas de onde comprar, comer e se hospedar, combinado? Espero que gostem : )

25 • janeiro • 2016 Lari Viagem

Como fazer a mala perfeita?

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Chegou a vez de um dos posts mais aguardados e pedidos por vocês! Hoje eu vou dar dicas para fazer uma mala compacta e funcional, isto é, uma mala do tamanho ideal para sua viagem.

Afinal, atire a primeira pedra quem nunca se viu viajando com malas enormes – que mal consegue carregar – e no fim da viagem percebeu que não usou nem 1/3 das coisas que levou.

Na consultoria de imagem chamamos essa mala do tamanho ideal de “mala inteligente”, e posso garantir que não é nenhum bicho de 7 cabeças. É possível sim viajar só com o que você vai usar, e mesmo assim montar produções incríveis.

Vamos às dicas:

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

A primeira regra para uma mala otimizada é: cada peça de roupa deve se encaixar em no mínimo 2 produções. Isto é, você não pode levar na mala uma roupa que só se encaixe em 1 ocasião/produção. Parece algo simples, mas leve essa regra a risca e você vai ver como vai diminuir bastante a quantidade de roupas.

Por exemplo: uma saia preta que pode ser usada tanto de dia como de noite, um vestido que fica bem de rasteiras para bater perna, ao mesmo tempo que fica lindo de salto alto para sair para jantar… e por aí vai.

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Pesquise, pesquise e pesquise mais um pouco o clima do destino da viagem… E não adianta fazer isso muito tempo antes porque hoje em dia as estações do ano andam bem loucas, né? Rs. Sugiro 1 semana com antecedência.

Além de olhar sites de previsões, veja também blogs/instagrans de pessoas que estão no local. Ajuda bastante ter uma noção real da temperatura, o que é fundamental para saber quais peças de roupas levar. Por exemplo: se estiver muito frio, não adianta levar sapatilhas e rasteiras, né?

LD_MALAS_2

Com uma noção de como está a temperatura da cidade de destino, o próximo passo é fazer um cronograma com tooodas as programações da viagem. 

Quantas vezes vou sair para jantar em restaurantes arrumados, ou restaurantes casuais, quais dias vou ficar direto passeando na rua… etc. Sabendo exatamente o que vai fazer fica muito mais fácil, você já deixa preparada na mala as produções para cada ocasião.

E se você quiser se organizar ainda mais, pode fotografar pelo celular os looks prontos ou anotar para não esquecer.

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Eu sei que nós mulheres amamos sapatos e queremos levar todos para usar na viagem…. mas não pode, simples assim! (é o momento mais difícil para mim hahaha #confesso). Sapato é uma das coisas que mais ocupa espaço. Minha sugestão é levar um modelo que fique bem em todas as produções noturnas e outro para produções diurnas.

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Essa dica também é graaande economizadora de espaço rs. Aposte nas versões em miniaturas. Sejam produtos de necesseire ou até secador de cabelo, hoje em dia praticamente tudo tem em versão pequeno. Nossa mala agradece.

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Por último, uma dica importante que muitas pessoas esquecem. Antes de viajar verifique qual o tamanho da mala que é permitido para chegar no seu destino.

Por exemplo: se o limite forem 23 kgs, não adianta viajar com a mala de 32kgs, você vai acabar colocando mais coisas com certeza. Se você vai viajar fim de semana para praia e quer levar só uma mala de mão, já comece a preparar tudo direto na mala. Assim, você vai controlando o espaço.

Como-fazer-uma-mala-pequena-compacta-inteligente-otimizada-dicas-truques-viagem-tudo-sobre-blog-Lari-Duarte

Bom pessoal, eu espero que tenham gostados das dicas e que ajudem vocês na hora de fazer a mala para o Carnaval. De resto, bon voyage! 

06 • janeiro • 2016 Lari Viagem

Minha viagem com KLM

LD_KLM_4

Vamos continuar no papo viagem? Acho que tem tudo a ver com essa época do ano onde muitas pessoas estão de férias.

Como vocês sabem, em dezembro, pouco antes do Natal, eu passei uma semaninha em Paris. Cidade que amo tanto e vocês estão carecas de saber hahaha. Dessa vez, eu fui visitar uma das minhas melhores amigas que se casou e foi morar lá.

Bom, mas esse post é para contar que a convite da cia aérea KLM eu fui para Paris na nova cabine world business class da empresa – que agora está presente nos seis vôos semanais que partem do Rio de Janeiro para Amsterdã, na Holanda – país de origem da cia.

LD_KLM_1

Antes de começar a falar sobre todos os benefícios da nova business, eu preciso comentar que não tinha dúvidas que seria ma-ra-vi-lho-sa. Já viajei de KLM vááárias vezes, e sempre indiquei para as pessoas, pois até a econômica deles é muito superior das demais cias. Mas, vamos ser phynos e focar na minha experiência na nova business.

A nova classe foi desenvolvida pela designer holandesa Hella Jongerius, e o foco principal era priorizar o conforto e a privacidade do passageiro. O que de fato foi alcançado, pois na ida tinha um passageiro ao meu lado mas era como se estivesse o Gasparzinho hahaha. Em nenhum momento me senti incomodada ou invadida com a presença dele, sabe? Ponto para KLM!

LD_KLM_2

Mas, a empresa conquistou de vez meu coração com a poltrona. Os assentos são totalmente reclináveis, em bom português, vira cama meeesmo, 180 graus. Quem voa de executiva sabe que são poucas cias que oferecem isso. Sem contar que a da KLM é uma das maiores do mercado com 2,07 metros de comprimento – o que para o meu 1,62m é quase uma king size.

Outra coisa que eu amei e que os gourmets de plantão vão gostar também, é que o menu da nova business é assinado pelo chef Rodrigo Oliveira do restaurante Esquina Mocotó. Para quem não conhece, o Mocotó é um dos restôs mais premiados de SP atualmente e sua especialidade é a boa e velha comida brasileira. Ou seja, sabe aquela fama de comida de avião ser ruim? Passa looonge nesse caso. Eu devorei feliz tudo! Da entradinha com champagne ao café da manhã do dia seguinte, tudo delicioso.

LD_KLM_3

Sem contar em todos os outros mimos, como: muitos compartimentos para guardar objetos (amo! Sou espaçosa e viajo com livro, moleskine, laptop, tudo junto…), TV com bastante variedade, travesseiros e edredom, tomadas (!!!!), e necessaire de amenities assinada pela grife holandesa Viktor & Rolf <3 .

Bom, eu não preciso nem dizer que AMEI a nova business class, né? A KLM faz vôos para toda Europa e têm sempre ótimas promoções – por isso que já fui tantas outras vezes para Paris com a cia. Sem contar que viajar com todo esse conforto não tem preço, você chega descansada e tranquila para curtir ao máximo a viagem. Na minha opinião, investir no nosso bem-estar é sempre válido e positivo.

E claro, obrigada KLM pelo convite e confiança. Se já era fã da cia, eu fiquei ainda mais.

www.klm.com.br